Ator George Clooney lança projeto para acabar com guerras na África

(Foto de JOSE JORDAN/AFP)
(Foto de JOSE JORDAN/AFP)
(Foto de JOSE JORDAN/AFP)

O actor George Clooney lançou uma iniciativa nesta segunda-feira para deter a guerra no Sudão do Sul e em outros países africanos rastreando o dinheiro que financia os combatentes.

“The Sentry”, fundado por Clooney e John Prendergast, do grupo Enough Project, investigará o financiamento dos conflitos do Sudão do Sul, Sudão, República Centro-africana e República Democrática do Congo.

“A paz e os direitos humanos ganharão quando as pessoas que se beneficiam da guerra pagarem um preço pelos danos causados”, afirmou, em um comunicado, o respeitado actor, muito envolvido na defesa da paz no Sudão e Sudão do Sul.

Prendergast, antigo director do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, transformado em activista de direitos humanos, afirmou que “as ferramentas habituais da diplomacia até agora falharam e que os novos esforços devem se concentrar em como fazer a guerra mais cara do que fazer a paz”.

“O objectivo do ‘The Sentry’ é seguir o dinheiro e negar a quem se beneficia da guerra os lucros por seus crimes”, acrescentou Prendergast.

A iniciativa anterior da dupla, o “Satellite Sentinel Project”, lançado em 2010, utiliza satélites para mostrar as evidências de abuso dos direitos humanos no terreno, imagens de cidades devastadas e de movimentos de tropas.

Com o novo projecto, seus promotores pretendem “desmantelar as redes de responsáveis, organizações e patrocinadores que financiam e se aproveitam dos conflitos mais mortíferos na África”. (afp.com)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA