Arranca eleição dos mais poderosos. Quem sucederá a Passos?

(D.R)

Há algumas figuras que, de presenças habituais no top noutros anos, não deverão fazer parte da lista este ano.

(D.R)
(D.R)

Durante as próximas semanas, o Jornal de Negócios volta a elaborar a lista dos mais poderosos de Portugal, uma lista que, de Angela Merkel a José Eduardo dos Santos, costuma contar com figuras estrangeiras.

Curiosamente, será entre os portugueses que deverá haver novidades. José Sócrates e Ricardo Salgado são duas figuras que, de presenças habituais, perderam preponderância. Em 2010, aliás, o banqueiro e o ex-primeiro-ministro lideravam a lista. Em 2014, já tinham desaparecido do top 10.

Em ano de eleições, veremos se Passos Coelho volta ao primeiro lugar da lista do jornal, lugar que atingiu pela primeira vez no último ano.

Espera-se ainda que possa haver novidades entre os eleitos, vindos do mundo empresarial. Neste âmbito, porém, a tendência será haver poucas novidades de portugueses. Humberto Pedrosa, o lado português dos novos donos da TAP, por exemplo, é um potencial candidato. Quem definitivamente deverá estar de fora é Zeinal Bava, empresário que acabou por sair da PT após investimentos desta terem sido afetados na derrocada do ‘universo’ Espírito Santo.

Esta eleição das figuras mais poderosas de Portugal avalia critérios como o poder da fortuna, a influência política e mediática, entre outros. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA