Arcebispo Desmond Tutu volta a ser internado

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O arcebispo sul-africano Desmond Tutu, prémio Nobel da paz em 1984 por sua luta contra o Apartheid, voltou a ser hospitalizado nesta terça-feira, uma semana após receber alta depois de tratar uma infecção persistente, anunciou sua fundação.

Desmond Tutu “foi readmitido esta tarde após manifestar um novo mal estar”, indicou sua fundação em um comunicado.

“Seus médicos consideraram ser prudente retornar ao hospital”, indicou sua filha, a reverenda Canon Mpho Tutu, neste comunicado.

“Ele passará alguns dias em repouso, o tempo necessário para a sua equipe médica retomar o controle da situação e decidir pelo tratamento que receberá. Ele permanecerá no hospital pelo menos até o próximo final de semana”, acrescentou.

Esta infecção não estaria vinculada ao câncer de próstata diagnosticado em Tutu há mais de 15 anos.

Em Abril de 2013, ele também ficou internado por “uma infecção persistente”, cuja natureza não foi revelada.

Tutu sofreu poliomielite na infância e, na adolescência, sobreviveu à tuberculose.

Depois de militar contra o regime do “Apartheid” durante a prisão de Nelson Mandela e de ter presidido a Comissão Verdade e Reconciliação com a instauração da democracia no país em 1994, ele sempre foi considerado como a consciência moral do país.

Desmond Tutu se retirou oficialmente da vida pública em 2010 e nunca deixou de denunciar as “imperfeições” em seu país. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA