Angola e Alemanha voltam a juntar-se em fórum em Julho

Delegações da Alemanha e de Angola, em Luanda (Foto: Pedro Parente)
Delegações da Alemanha e de Angola, em Luanda (Foto: Pedro Parente)
Delegações da Alemanha e de Angola, em Luanda
(Foto: Pedro Parente)

Encontro empresarial decorre em paralelo com a FILDA, onde, neste ano, a Alemanha tem estatuto de país ‘convidado especial’. Oportunidades de investimento e financiamento estarão em debate.

O reforço das relações bilaterais é o principal objectivo da 6.ª edição do Fórum Económico Alemão-Angolano, que decorre nos dias 21 e 22 de Julho no Hotel de Convenções de Talatona (HCTA), em Luanda.

Em comunicado, o delegado da Economia alemã em Angola, Ricardo Gerigk, explica que “o fórum se firmou ao longo dos anos como a plataforma mais significativa para o desenvolvimento da Alemanha e Angola nas relações comerciais e de Investimento”.

Este ano, o evento é organizado em paralelo com a FILDA, que decorre de 21 a 26 de Julho, sendo a Alemanha o país ‘convidado especial’ do certame, para onde será enviado um representante do Ministério Federal da Economia e Energia da Alemanha.

“A FILDA 2015 é a oportunidade ideal para fazer contactos com novos parceiros comerciais”, afirma o responsável, revelando que no fórum “serão prestadas informações sobre os projectos e oportunidades de engajamento económico nos sectores de infra-estruturas, construção, saúde, industrialização e energia” em Angola, e “discutidas as garantias de risco e condições de financiamento” para acções no País.

No evento, adianta Ricardo Gerigk, haverá “novamente representantes de algumas províncias para informar sobre as oportunidades de negócios fora de Luanda”. Actualmente, revela, “há aproximadamente 20 empresas de origem alemã a actuar em Angola”, vendendo produtos e serviços.

Como investimento directo, o responsável destaca a empresa de catering LSG Sky Chefs, em parceria com a TAAG, que emprega cerca de 300 funcionários, dos quais 95% são angolanos “formados pelo padrão internacional” da empresa alemã.

As exportações alemãs para Angola aumentaram 28,7% entre o ano 2013 e 2014, para cerca de 375,16 milhões de euros (50,3 mil milhões Kz). Em contrapartida, as vendas de Angola para a Alemanha caíram, no mesmo período, 72,3%, para 130,05 milhões de euros (cerca de 17,4 mil milhões Kz). (expansao.ao)

Por: Susana

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA