Angola conta com investimento sul-coreano na diversificação da economia

Angola espera investimento sul-coreano. Secretária de Estado do Mirex, Ângela Bragança, recebe parlamentares(Foto: Gaspar Dos Santos)

Angola, no âmbito da diversificação da economia, espera contar com o investimento coreano, seja directo de empresas, seja em termos de parcerias, privilegiando a grande capacidade tecnológica que o país asiático tem nos domínios da electrónica, construção de automóveis, de navios, entre outros.

Angola espera investimento sul-coreano. Secretária de Estado do Mirex, Ângela Bragança, recebe parlamentares(Foto: Gaspar Dos Santos)
Angola espera investimento sul-coreano. Secretária de Estado do Mirex, Ângela Bragança, recebe parlamentares(Foto: Gaspar Dos Santos)

Este pronunciamento é da secretária de Estado para a Cooperação, Ângela Bragança, à imprensa, no fim de um encontro mantido com uma delegação asiática, em Luanda desde terça-feira, encabeçada pelo presidente do Grupo de Amizade Coreia/Angola da Assembleia Nacional da Coreia do Sul, Lee Hag Jae.

De acordo com a responsável, Angola e a Coreia têm cooperação no domínio das Pescas, Petróleos, Construção Naval, havendo no país um grande número de empresas coreanas.

“Nós pensamos que temos muito a ganhar com esta cooperação e está em perspectiva a realização da Terceira Reunião da Comissão Bilateral e nesse âmbito nós iremos analisar como olhar no futuro”, frisou.

Realçou, por outro lado, que as delegações técnicas de ambos os países negociaram já o Acordo de Promoção e Protecção de Iinvestimentos, com vista a um fluxo de investimentos em conformidade com as disposições legais dos dois países.

Angola e a Coreia do Sul têm relações de cooperação e de amizade e de alto nível que foram já seladas por um Acordo Geral de Cooperação e que  se mantêm desde os anos 90.

Entretanto, o presidente do Grupo de Amizade Coreia/Angola, Lee Hag Jae, afirmou que as conversações versaram sobre o desenvolvimento económico de Angola, onde o seu país pode desempenhar um papel preponderante em termos tecnológicos.

Sublinhou que Angola é um país que tem muita potência e capacidade, além de muita riqueza natural e, por outro lado, a Coreia possui tecnologia muito alta e experiência no domínio do desenvolvimento económico.

O Grupo de Amizade Coreia/Angola, da Assembleia Nacional da República da Coreia do Sul, efectua uma visita oficial de três dias ao país, no âmbito do reforço da cooperação bilateral. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA