Angola analisa estratégia de inovação na agricultura e veterinária

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

Angola vai organizar em Julho um seminário para concluir o projecto de renovação de pesquisa agrária no país e validar a estratégia da inovação e transferência de tecnologias em agricultura e veterinária.

O seminário, de acordo com informação governamental enviada à Lusa, é a última etapa projecto que durou dois anos, assinado em Janeiro de 2014 entre o Governo de Angola, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação (FAO).

O projecto, estimado em três milhões de dólares, dos quais o Governo angolano contribui com 2,2 milhões de dólares (1,9 milhões de euros) e o Brasil 800 mil dólares (718 mil euros), pretende fortalecer a capacidade de pesquisa e inovação dos Institutos de Investigação Agronómica (IIA) e Veterinária de Angola (IIV).

O Governo de Angola prevê atingir até 2017 uma produção anual de 2,5 milhões de toneladas de cereais, contra cerca de um milhão de toneladas Actual, e 20 milhões de toneladas de mandioca.

As autoridades angolanas têm ainda como meta cobrir 60 por cento do consumo de frango e reduzir a 15% a importação de leite. (Lusa)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA