Amélia Dalomba no encontro literário com alunos da escola Njinga Mbandi

ESCRITORA AMÉLIA DALOMBA (Foto Alberto Julião)

A escritora angolana Amélia Dalomba é a convidada para o encontro literário: leitura de contos e poemas com estudantes da escola Njinga Mbandi a ter lugar nesta sexta-feira (10) na sede da União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda.

ESCRITORA AMÉLIA DALOMBA (Foto Alberto Julião)
ESCRITORA AMÉLIA DALOMBA (Foto Alberto Julião)

Em duas horas e meia de interacção com os estudantes, segundo uma nota de imprensa da UEA a que a Angop teve acesso nesta quarta-feira, a escritora falará igualmente do seu percurso no mundo das letras em Angola.

A actividade enquadra-se na programação do projecto Leituras Públicas, numa iniciativa entre a UEA e a Comissão Administrativa da Cidade de Luanda, cujo objectivo é incentivar os alunos ao gosto pela leitura, através da promoção do diálogo entre escritores e estudantes.

Nascida na província de Cabinda, Amélia da Dalomba, licenciada em Psicologia e membro da UEA, tem artigos e poemas publicados em revistas e jornais, assim como  participações em discos compactos musicais angolanos, com letras e músicas.

Amélia Dalomba já publicou os livros “Ânsia, Poesia, “Sacrossanto Refúgio”,”Espigas do Sahel”, “Noites Ditas à Chuva” “Sinal de Mãe nas Estrelas (2007)”, ”Aos Teus Pés Quanto Baloiça o Vento”, “Cacimbo 2000”.

A sua poesia está incluída em colectâneas e livros colectivos como Antologia da Poesia Feminina dos Palop (1998), do crítico Espanhol Xosé Lois Garcia, Antologia do Mar na Poesia Africana de Língua Portuguesa do Século XX Angola (2000), da crítica brasileira Cármen Lúcia Tindó e Antologia “O Amor tem Asas de Ouro”, poesia -UEA-( 2006).

Amélia Dalomba tem ainda os seus poemas publicados na “Antologia da Moderna Poesia Angolana”, de Botelho de Vasconcelos –UEA(2006), no livro “Cacimbo 2000”( editora Patrick Houdin-Allliance Francaise de Luanda) e participação na obra ” Meu Céu, Céu de todos, Céu de Cada Um”, De Renan Medeiros, Editora Zian- S. Paulo- Brasil -2006. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA