Alexis Tsipras apela ao “não” no referendo

(DR)
(DR)
(DR)

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, dirigiu-se à Nação depois de Atenas ter apresentado uma contraproposta para tentar alcançar um acordo com a Comissão Europeia, o BCE e o FMI.

Tsipras apelou ao “Não” no sufrágio do domingo e falou de “chantagem de austeridade”.

“‘Não’, não significa ser contra a Europa. Significa regressar à Europa de valores. Peço-vos mais força para este processo negocial. Peço-vos para dizerem ‘não’ aos memorandos que estão a destruir a Europa. Peço-vos que respondam positivamente à perspetiva de uma solução viável para passarmos a uma página brilhante de democracia”, afirmou, Tsipras.

Reagindo ao gigantesco cartaz apelando ao “não à chantagem da austeridade”, afixado no exterior do Ministério das Finanças, Varufakis, o ministro da tutela, disse que tinha sido afixado por sindicalistas, sem autorização prévia. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA