Afrobasket2015: “Americanos” alimentam objectivos da Nigéria

AFROBASKET-2011- NIGÉRIA X MOÇAMBIQUE (Foto: Angop)

A selecção nigeriana de basquetebol, a perseguir o primeiro título africano, reforçou a aposta em jogadores seus nascidos e a militar nos Estados Unidos da América e contratou o técnico americano William Voigt, visando a conquista do Afrobasket2015 e consequente regresso aos Jogos Olímpicos.

AFROBASKET-2011- NIGÉRIA X MOÇAMBIQUE (Foto: Angop)
AFROBASKET-2011- NIGÉRIA X MOÇAMBIQUE (Foto: Angop)

Indicado a cerca de um mês para liderar o projecto, Will Voigt, ex-treinador general/manager da Bakersfield Jam da Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League), com a qual foi campeão em 2013, tem contrato válido até Setembro com o objectivo único de ganhar a prova e não é novo no que concerne ao ambiente de trabalho dos nigerianos.

A preparar a campanha inicialmente com 26 jogadores, o técnico conhece alguns dos principais atletas, pois já treinou Alade Aminu e Ike Diogu na NBA D-League, e orientou campos de Verão nas localidades nigerianas de Zaria e Lagos, entre 2004 e 2008.

Encabeçado pelas “estrelas” da NBA Al-Farouq Aminu, dos Portland Trail Blazers, e Ekpe Udoh (Los Angeles Clippers), este último pela primeira vez na selecção, o grupo conta com os “americanos” Michael Gbinije (Syracuse da NCAA), Edo Karachi (Fresno State NCAA), Chris Obepka (St John’s NCAA) e Talib Zanna (Oklahoma City B da NBA D-League) para superar o sétimo lugar de 2013, na Cote d’Ivoire, e todas as adversidades a encontrar em Tunis.

Alade Aminu (TED Kolejliler da Turquia), Ike Diogu (Leones Ponce do Porto Rico), Stanley Okoye (Varese da Itália), Andy Ogide (Poitiers da França), Jamal Olasewere (Verviers-Prep da Bélgica), Stanley Gumut (Marmentors da Nigéria) e o veterano Olumide Oyedeji (London Lions da Inglaterra), presentes no Afrobasket2013, constam dos planos, assim como Chamberlain Oguchi (Unattached EUA) e Derrick Obasohan (Monaco da França), que participaram nos Jogos Olímpicos de Londres2012.

Abubakar Usman e Yahaya Abdul, duas das principais referências do campeonato “doméstico”, Deji Akindele, Micheal Umeh, Eric Oluwaseun, Ofoegbu Ikechukwu e os estreantes Akinlolu Akingbala, Ebie Jason, Elonu Chinemelu e Olaseni Lawal completam a lista de pré-seleccionados, cuja primeira triagem deverá acontecer ainda esta semana.

A selecção da Nigéria (24ª no ranking Fiba e terceira em África) efectua, desde o dia 20 deste mês, um estágio pré-competitivo em Paris, França, tendo participado de um torneio com a formação local Vanves Aviators e as selecções da República Centro Africana (RCA), Senegal e Cote d’Ivoire, que disputarão também o Afrobasket2015.

O grupo permanece em França até o dia 15 de Agosto, data prevista para o embarque a Tunísia, na sua 17ª participação. A Nigéria tem como maiores registos em provas do género as medalhas de prata das edições de 1997, 1999 e 2003 e as de bronze em 1995, 2005 e 2011.

Na última Taça de África das Nações em Basquetebol “Afrobasket2013” a Nigéria foi orientada pelo técnico nacional Ayo Bakare. Will Voigt ocupa o cargo depois dos seus compatriotas Sam Vincent (Mundial-2006) e John Lucas, em 2009, no Afrobasket da Líbia, ganho por Angola.

A Nigéria está inserida no grupo A e começa a prova com o Uganda, seguindo-se a RCA e fecha com a anfitriã, Tunísia. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA