Adido afirma que relações militares entre Rússia e Angola continuam excelentes

Delegação do navio russo recebida na sede da Comissão Administrativa de Luanda (Foto: Joaquina Bento)

As relações entre Angola e a Federação Russa no domínio militar continuam excelentes, desde os tempos da luta de libertação nacional até a presente data, afirmou hoje, segunda-feira, em Luanda, o adido militar da Rússia no território angolano, Nikolay Rybchuk.

Delegação do navio russo recebida na sede da Comissão Administrativa de Luanda (Foto: Joaquina Bento)
Delegação do navio russo recebida na sede da Comissão Administrativa de Luanda (Foto: Joaquina Bento)

O adido fez esta afirmação, no final de uma visita de cortesia da delegação do seu país a Comissão Administrativa da Cidade de Luanda, que foi recebida pelo vice-presidente, para área política e social da CACL, António Fiel “Didi”.

Segundo o coronel, os dois países tem uma história conjunta muito longa, que começou desde o tempo da luta de libertação nacional, e hoje estão dar uma boa continuação destas relações no domínio militar.

Agradeceu também a forma acolhedora como foram recebidos pelas autoridades angolanas desde sexta-feira, estando o comando do grupo muito satisfeito pela hospitalidade, sentindo-se muito bem.

A visita tem como objectivo reforçar a cooperação militar entre as Marinhas de Guerra dos dois países e as Forças Armas em geral.

A frota de navios do Mar Negro da Marinha de Guerra da Federação Russa está a cumprir missões no atlântico do sul e no quadro destas tarefas visita Angola.

Por seu turno, o vice-presidente da cidade de Luanda, António Fiel “Didi”, em poucas palavras agradeceu a delegação pela visita e espera mas frequência de russos na capital do país.

A frota de navios atracou na sexta-feira última no Porto de Luanda, nomeadamente  o Moskva, Pytlivyi, Ivan Bubnov e Shakhtior. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA