A vida é feita nos municípios

Ministro da Administração do Território (Foto: Angop)

O Ministério da Administração do Território, em parceria com a Feira Internacional de Luanda, realiza de 6 a 9 de Agosto, na capital angolana, a segunda edição da Feira dos Municípios e Cidades de Angola (FMCA) sob o lema “A Vida Faz-se nos Municípios”.

Ministro da Administração do Território  (Foto: Angop)
Ministro da Administração do Território (Foto: Angop)

A Feira dos Municípios e Cidades de Angola, inserida nas comemorações do 40º aniversário da independência nacional, tem como objectivo promover e dinamizar o desenvolvimento comunitário em Angola com o envolvimento activo de órgãos públicos e privados.

O evento pretende apresentar as oportunidades de negócios nos municípios, estimular a captação de investimento privado, promover o estabelecimento de parcerias estratégicas e contribuir para o fomento do desenvolvimento socioeconómico de Angola.

Outro objectivo é incentivar a partilha de experiências e potencialidades económicas, culturais e turísticas entre os municípios e cidades. A Feira dos Municípios e Cidades de Angola conta com a participação das administrações dos 163 municípios que compõem as 18 províncias, além de empresas, instituições académicas e ministérios.

Na comunicação feita no lançamento da Feira dos Municípios e Cidades de Angola, em Abril deste ano, o ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, disse que o encontro “representa uma oportunidade de se levar ao melhor conhecimento público e de investidores as oportunidades e potencialidades dos distintos municípios e cidades de Angola”.

Na comunicação, o ministro Bornito de Sousa apelou ao engajamento de todos “rumo a um melhor conhecimento das potencialidades e oportunidades que os municípios e cidades de Angola possuem para a promoção do seu desenvolvimento económico local”.

A Feira dos Municípios e Cidades de Angola realiza-se em simultâneo com o 3.º Fórum dos Municípios e Cidades de Angola e com a 4.ª edição da Bolsa Internacional de Turismo de Angola – BITUR Okavango. Para Bornito de Sousa, o objectivo é promover “uma maior integração das comunidades e de uma crescente coesão territorial, aprimorando-se assim o modelo de desenvolvimento baseado numa lógica de sustentabilidade ambiental”.

O Fórum dos Municípios e Cidades de Angola, que tem periodicidade anual, é um espaço de partilha técnica e científica de conhecimentos e experiências práticas sobre temas da governação local, transmitidos por prelectores nacionais e internacionais.

A Feira dos Municípios e Cidades de Angola e o Fórum dos Municípios e Cidades de Angola foram institucionalizados em 2013, através do Decreto Presidencial 142/13, de 27 de Setembro, com o objectivo de celebrar o dia 10 de Agosto – Dia Africano da Descentralização e do Desenvolvimento Local.

De acordo com o ministro da Administração do Território, a institucionalização dos dois acontecimentos resulta de uma deliberação da 2.ª Conferência Ordinária dos Ministros responsáveis pela Descentralização e Desenvolvimento Local (CADDEL), realizada em 2011 sob os auspícios da União Africana. (ja.ao)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA