A doença desagradável que pode estar a residir na sola dos nossos sapatos

A doença desagradável que pode estar morando na sola dos seus sapatos (yahoo.com)
     A doença desagradável que pode estar morando na sola dos seus sapatos (yahoo.com)

A doença desagradável que pode estar morando na sola dos seus sapatos (yahoo.com)

Talvez vocês não acreditem, mas podem estar a levar uma bactéria bem perigosa para dentro da vossa casa (Foto: Thinkstock)

Mesmo desinfectando minuciosamente toda a casa, todos os dias da semana, bastaria que abrisse a sua porta para encontrar toda uma legião de germes preparados para entrar na sua morada.

Em um estudo recente, pesquisadores da Universidade de Houston descobriram que 40 por cento das amostras retiradas dos degraus de entrada das residências analisadas estavam contaminadas com a bactéria Clostridium difficile; assim como estavam também 39 por cento das solas de todos os sapatos pesquisados.

Seria isso um problema? Como o seu próprio nome sugere, a bactéria Clostridium difficile, conhecida também pelo apelido de C. diff, não é tão fácil assim de ser combatida. Com várias estirpes resistentes a diversos antibióticos, essa bactéria simplesmente não deve ser tomada como um bichinho de estimação. Uma infecção causada por ela deixa o infeliz felizardo com uma terrível diarreia que, em alguns casos, pode progredir até transformar-se numa perigosa colite.

Uma pesquisa recente publicada pelo New England Journal of Medicine sugere que, pelo menos, meio milhão de pessoas são infectadas por essa bactéria todos os anos. Embora mais conhecida por infectar pacientes hospitalizados, 35 por cento dos casos de infecção por C. diff dá-se fora do ambiente hospitalar, podendo ocorrer em qualquer outro lugar.

Como é possível então a C. diff chegar à porta de nossas casas? “Os nossos sapatos estão expostos a diversos tipos de contaminação e, com eles, contaminamos a entrada da nossa casa,” diz o autor do estudo, Dr. M. Jahangir Alam.

Fezes de diversos animais, incluindo as fezes de passarinhos e outras aves, são apenas um exemplo das imundices que os nossos sapatos carregam por aí, e, obviamente, eles podem transportar também os esporos da C. diff, afirma o Dr. Alam.

Ao aterrarem numa superfície qualquer, esses esporos podem sobreviver lá por muito tempo, no caso de uma ingestão acidental, há sempre o risco de se adoecer.

Quer evitar de levar todos esses germes para dentro de sua casa? Quer evitar de passar mais tempo do que você precisa na casa de banho? A solução é simples: tire os seus sapatos e deixe-os na entrada, ao lado da porta, sugere Alam. (yahoo.com)

por Julie Stewart

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA