40 migrantes morrem afogados perto da costa da Líbia

(D.R)
(D.R)
(D.R)

Mais um dia negro, no Mar Mediterrâneo.

Cerca de 40 migrantes terão morrido afogados, na quinta-feira, quando o barco pneumático onde seguiam, com destino à Europa, naufragou perto da costa da Líbia.

O número foi avançado por sobreviventes ao Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

No mesmo dia, cerca de 300 migrantes, provenientes de África, chegaram ao porto de Augusta, na costa ocidental da Sicília, depois de terem sido resgatados por um navio alemão, a cerca de 80 milhas náuticas da costa da Líbia.

De acordo com a Guarda Costeira italiana, dois mil migrantes foram resgatados de embarcações, no Mar Mediterrâneo, nas últimas 24 horas.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações, cerca de 150 mil migrantes, muitos fugindo da pobreza e da guerra na África Subsariana e no Médio Oriente, chegaram à Europa por mar entre janeiro e julho, deste ano.

Muitos não conseguem rumar ao velho continente e acabam por ficar detidos, na Líbia, em centros de detenção, por vezes em condições bastante precárias.

As autoridades do país tentam ainda prender os contrabandistas, uma operação que consideram dificultada devido ao dinheiro e poder que detêm. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA