1º De Agosto recusa jogar em Calulo

Futebol: 1º de Agosto (Foto: Angop)
Futebol: 1º de Agosto (Foto: Angop)
Futebol: 1º de Agosto (Foto: Angop)

A direcção do Clube Desportivo 1º de Agosto, colocou um expediente de recurso junto da Federação Angolana de Futebol (FAF), no qual se recusa  a jogar na próxima quarta-feira, em Calulo, diante do Recreativo do Libolo, em partida referente aos oitavos-de-final da Taça de Angola em futebol
No documento, o clube presidido por Carlos Hendrick alega ter havido alteração na ordem do emparceiramento inicial, que sorteou os rubro -negros como anfitriões do desafio, daí que, esperam pela rectificação do mesmo, informou ontem à Angop o director-geral do grémio militar, Fernando Barbosa “Barbosinha”.

O director-geral dos rubro-negros, referiu, que o Conselho Técnico e Desportivo da FAF decidiu trocar o local do encontro, devido à ausência do delegado do 1º de Agosto no acto do sorteio, uma medida que considera injusta, pelo facto do regulamento da competição não prever essa sanção.Neste momento, segundo informação, esperam um veredicto do Conselho Jurisdicional da FAF, em virtude do jogo estar adiado “sine-die”.

As restantes sete partidas do oitavos-de-final da Taça de Angola foram disputadas no dia 22 do corrente e verificaram-se os seguintes resultados:Petro de Luanda – Desportivo da Huíla (1-0), Ismael do Uíge – Kabuscorp do Palanca (1-2), Interclube – Sporting de Cabinda (1-0), FC Bravos do Maquis – Benfica de Luanda (2-1), Domant FC – Porcelana FC do Cazengo (1-0), Progresso Sambizanga – 4 de Abril do Cuando Cubango (3-0, por falta de comparência) e Sagrada Esperança – Recreativo da Caála (6-5, na marcação de grandes penalidades).  Em função dos resultados verificados, na fase anterior, o emparceiramento dos quartos-de-final é o seguinte: Petro de Luanda – Domant FC de Bula Atumba, Progresso do Sambizanga – Interclube, Sagrada Esperança – Kabuscorp do Palanca e FC Bravos do Maquis – vencedor do duelo Recreativo do Libolo – 1º de Agosto. O Benfica de Luanda, eliminado pelo FC Bravos do Maquis, é o detentor do troféu. (jornaldosdesportos.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA