ZAP já tem um milhão de casas ligadas em Angola

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

A parceria da ZAP com a Globo que confere à empresa de televisão paga o exclusivo da emissão dos conteúdos para um novo canal Globo On em Angola e Moçambique. “É uma maneira de comemorar os cinco anos da ZAP”, disse ao Expansão o director-geral, Nuno Aguiar.

A ZAP já tem cerca de 1 milhão de casas ligadas em Angola, revelou o director-geral da empresa. Em declarações à imprensa no anúncio de uma parceria exclusiva com a Globo, no final da semana passada, em Luanda, Nuno Aguiar explicou que a empresa, que está no mercado há cinco anos, cobre já todo o território nacional em termos de distribuição.

A parceria da ZAP com a Globo, que confere à empresa de televisão paga o exclusivo da emissão dos conteúdos para um novo canal Globo On em Angola e Moçambique, é “de certa forma uma maneira de comemorar os cinco anos da ZAP”, disse Nuno Aguiar, que se escusou a revelar o investimento da operadora nesta operação. O director-geral adiantou que, entretanto, a empresa lançou uma campanha para promover a adesão da Globo à ZAP – Globo Só na ZAP.

O acesso aos conteúdos é possível apenas por via da adesão ao pacote premium da operadora, havendo, actualmente, cerca de 170 mil descodificadores à disposição dos clientes nas lojas da ZAP. “Como o género novela é muito importante em Angola, este número deverá crescer a um ritmo muito acelerado”, afirmou. Ricardo Salamandré, director de Negócios Internacionais da Globo, por seu turno, explicou a parceria com a “nova fase” em que a empresa está a entrar.

Até aqui, e durante 16 anos, o canal brasileiro operou em Angola com a Dstv, mas “o mercado mudou e entraram novas operadoras”, disse. Serviço ZAP Fibra cada vez mais abrangente Em exclusivo ao Expansão, Nuno Aguiar, director-geral da ZAP, falou também de um outro projecto da operadora, que é a ZAP Fibra. A sua comercialização teve início no princípio deste ano e “permite navegar com melhores velocidades e, a partir de agora, com router sem fios. A TV da ZAP Fibra traz uma nova maneira de ver televisão porque permite fazer a gravação de 500 horas de conteúdos, permite fazer a gravação das temporadas das séries a partir de um único episódio e das programações voltar à programação e aceder às gravações feitas”.

Mas o director-geral da ZAP enfatizou que esse satélite ainda só está a funcionar na província de Luanda, mas aos poucos vai-se estendendo de bairro em bairro, condomínio em condomínio. Por enquanto prefere não avançar com prazos para o funcionamento deste novo projecto em todo o País, para não criar expectativas. (expansao.ao)

Por: Silvana Tchissuleno

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA