Vice-presidente da República aborda diversificação da economia

Vice-presidente da República (à dir.) recebe ministro da Economia de Portugal (Foto: Cortesia do JA)
Vice-presidente da República (à dir.) recebe ministro da Economia de Portugal (Foto: Cortesia do JA)
Vice-presidente da República (à dir.) recebe ministro da Economia de Portugal (Foto: Cortesia do JA)

As relações entre Angola e Portugal, bem como a contribuição portuguesa à diversificação da economia angolana, foram discutidas numa audiência que o vice-presidente da República, Manuel Vicente, concedeu nesta terça-feira ao ministro português da Economia, António Pires de Lima.

A informação foi prestada pelo governante português à saída da audiência ocorrida na Cidade Alta, em Luanda.

António Pires de Lima disse que foi um encontro de cortesia para agradecer o empenho do vice-presidente da República na realização do fórum empresarial Angola/Portugal, que está a ser um grande sucesso, com a participação de mais de 500 empresas, membros dos dois governos e governadores provinciais angolanos.

“Há um sentido de grande compromisso de empresários portugueses com Angola, numa altura em que a palavra de ordem é a diversificação da economia angolana”, declarou o ministro luso.

O ministro da Economia, António Pires de Lima, acompanhado pelo secretário de Estado-Adjunto e da Economia, Leonardo Mathias, pelo secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, Pedro Gonçalves, iniciou na segunda-feira uma visita oficial de dois dias a Angola.

Esta é a terceira vez que o ministro da Economia visita Angola.

Um Observatório de Investimentos entre Angola e Portugal foi criado hoje, em Luanda, com base num memorando de entendimento rubricado nesta terça-feira entre os ministros angolano, Abrahão Gourgel, e o português da Economia.

O observatório vai monitorizar o comportamento das empresas, dos dois países, para as ajudar a desenvolver melhor os seus negócios e prevenir eventuais erros.

A criação do observatório insere-se no Fórum Empresarial Angola-Portugal, que se realiza hoje, em Luanda, com a participação de pelo menos 600 empresários dos dois países, para discutir investimentos comuns. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA