Vice-governadora solicita apoio de empresários na produção de livros

(D.R)

A contribuição dos empresários na produção e distribuição de livros infantis afigura-se imperiosa, para que cada criança a nível nacional obtenha pelo menos um livro, considerou domingo, a vice-governadora de Luanda para os serviços técnicos e infra-estruturas, Nzila Liberte Pires da Conceição Carvalho.

(D.R)
(D.R)

O incentivo da responsável foi manifestado na sessão de encerramento da nona edição da Feira do Livro Infantil que decorreu entre os dias 25 e 28 do corrente mês, na
Praça da Independência.

De acordo com a vice-governadora, apesar do número significativo de escritores que se
dedicam a escrever para crianças, o país ainda debate-se com dificuldades no domínio da distribuição das obras publicadas.

Por este facto apelou ao empresariado nacional, no sentido de contribuir e apoiar as obras literárias dedicadas às crianças, assim como na sua distribuição, para que cada criança obtenha pelo menos um livro para leitura.

Nzila Carvalho disse que esta feira é um dos maiores eventos culturais para crianças, representando uma contribuição para a educação, cultura, e incentivo e o gosto pela leitura.

Para a responsável a leitura na vida do ser humano é importante porque permite que o indivíduo viaje pelos caminhos da imaginação e abra outros caminhos que lhe proporciona novas formas de encarar o mundo descobrindo horizontes na construção de novas ideias, bem como a modificação de ideias.

Destacou que o hábito da leitura na infância, ajuda a despertar na criança o senso crítico, além de auxiliar o seu aprendizado.

Apelou à família, aos professores e toda a sociedade, no sentido de adoptarem um papel mais actuante, no sentido de auxiliarem as crianças a desenvolverem o gosto pela leitura  porque estas (crianças),  precisam ter mais contacto com os livros, seja em livrarias, bibliotecas ou salas para o efeito. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA