Turquia: Morreu o “ pai” da política turca

(euronews.com)
(euronews.com)
(euronews.com)

O ex-presidente da Turquia, Suleyman Demirel, morreu aos 90 anos, em Ancara nas primeiras horas desta quarta-feira, no hospital Güven, onde estava internado por doença prolongada, tendo falecido devido a uma infecção respiratória grave.

Durante a sua carreira política, ao longo 50 anos, o presidente da Turquia de 1993 a 2000, também ocupou a cadeira de primeiro-ministro em cinco ocasiões, entre 1965 e 1993. Demirel sobreviveu a dois golpes de Estado, em 1971 e 1980, e atualmente era um político admirado por muitos turcos que o consideravam um dos gigantes da política turca.

Nascido em 1924, este pragmática conservador disposto a todas as coligações começou a carreira política em 1960, após o primeiro golpe militar.

Dois dos seus mandatos à frente do governo foram interrompido por dois golpes de Estado realizados pelo exército. Elogiado pelas suas habilidades de orador, os seus apoiantes tratavam-no por “Baba” (pai em turco). Suleyman Demirel retirou-se oficialmente da vida política no fim da sua presidência, mas continuou a prestar conselho aos políticos. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA