Sudão: Al-Bashir assume novo mandato mais isolado que nunca

(D.R)
(D.R)
(D.R)

O presidente do Sudão tenta romper o isolamento do país ao assumir um novo mandato em mais de um quarto de século no poder.

Acusado de genocídio pela justiça internacional e visado por sanções europeias e norte-americanas, Omar al-Bashir apelou, esta terça-feira, à reconciliação nacional e à reabertura do diálogo com o Ocidente.

Um simples exercício de retórica depois de ter sido reeleito em abril com 94% dos votos num sufrágio criticado por Washington e Bruxelas e boicotado pela oposição. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA