Soldados israelitas são punidos por agredir palestiniano

(Foto de Hazem Bader/AFP/Arquivos)
(Foto de Hazem Bader/AFP/Arquivos)
(Foto de Hazem Bader/AFP/Arquivos)

O exército de Israel ditou medidas disciplinares neste domingo contra vários soldados que apareceram em um vídeo agredindo um palestiniano desarmado em um acampamento de refugiados.

Segundo uma fonte militar, o exército iniciou uma investigação depois da difusão de um vídeo que mostra sete soldados agredindo um palestino indefeso no acampamento de Jalazun, na sexta-feira, durante uma manifestação nesta localidade da Cisjordânia ocupada.

Quatro dos sete soldados foram punidos, segundo a rádio militar. O oficial da unidade recebeu uma advertência verbal, um soldado será confinado à base durante 30 dias e os outros dois foram condenados a penas com sursis de 28 dias em uma prisão militar.

A rádio considerou as punições “relativamente leves”.

No vídeo, dois soldados israelitas se aproximam de um palestino que, depois de um bate-boca, é cercado por sete militares, um dos quais aplica um golpe com a culatra do revólver em sua cabeça, fazendo-o cair ao chão.

Um dos soldados também dá várias joelhadas na cabeça do palestino e outro militar um soco. Depois o palestino é mantido no chão com o joelho de um soldado contra sua cabeça até ser levado preso.

O incidente aconteceu à margem de uma manifestação de palestinianos, que jogaram pedras contra soldados israelitas, segundo uma fonte israelita.

“A conduta desses soldados não conforme a que se espera de soldados israelitas”, afirmou a fonte. (afp.com)

DEIXE UMA RESPOSTA