Rússia abre investigação para saber se ida dos EUA à Lua é real

(Reprodução)
(Reprodução)
(Reprodução)

O homem realmente pisou na Lua? As imagens dizem que sim, mas a Rússia parece duvidar um pouco disso. E não, não estamos de volta à Guerra Fria. Trata-se de uma investigação aberta pelos russos sobre a veracidade da ida dos Estados Unidos ao nosso satélite em 1969.

As investigações, segundo Vladimir Markin, representante do governo russo no Comité de Investigações, têm como base o desaparecimento — já confirmado pela Nasa — das imagens originais da primeira viagem do homem à Lua. Além disso, a Rússia quer saber do paradeiro e das condições actuais das pedras lunares trazidas na missão.

“Não estamos afirmando que os Estados Unidos não foram à Lua e que fizeram apenas um filme sobre isso. Mas todos esses artefactos científico — ou talvez até culturais — são legados da humanidade e seu desaparecimento sem vestígios é uma perda para todos nós”, afirma Vladimir.

O desaparecimento em questão aconteceu em 2009 e, segundo a Nasa, aconteceu porque fitas foram apagadas para a agência “economizar dinheiro”. A Nasa ainda defende que as imagens obtidas depois disso, vindas da CBS News, têm até qualidade superior às originais. Já sobre as pedras, se limitou a falar que “a maior parte do material está guardada”. (yahoo.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA