Rebeldes iemenitas atacam várias posições na fronteira saudita

Rebeldes Iemenitas (Foto: D.R)
Rebeldes Iemenitas (Foto: D.R)

Forças leais ao ex-presidente iemenita Alí Abdullah Saleh atacaram nesta sexta-feira “vários pontos” da fronteira saudita, em combates que mataram quatro sauditas e dezenas de rebeldes, informou a coalizão militar liderada pela Arábia Saudita.

“As forças do Exército saudita repeliram hoje (sexta-feira) um ataque do lado iemenita contra vários pontos nos distritos de Jazan e Najran”, revelou a coalizão em um comunicado difundido na primeira hora de sábado.

“Um grupo da Guarda Republicana, fiel ao ex-presidente Saleh, planejou, coordenou e executou o ataque, com o apoio da milícia huthi”.

Tropas leais a Saleh combatem ao lado dos rebeldes xiitas, apoiados pelo Irã, contra as forças do presidente iemenita Abd Rabo Mansur Hadi, exilado na Arábia Saudita.

A coalizão liderada por Riad iniciou no dia 26 de Março uma campanha de ataques aéreos contra os rebeldes e seus aliados para tentar deter seu avanço no Iêmen.

O governo iemenita no exílio e a rebelião xiita aceitaram nesta sexta-feira participar de negociações de paz em Genebra sob a mediação da ONU.

As negociações, que foram anunciadas provisoriamente para 14 de Junho, têm como objectivo aplicar um cessar-fogo, aumentar a ajuda humanitária e apresentar um plano para a retirada dos rebeldes dos territórios que conquistaram desde o início de sua ofensiva, no ano passado.

Os rebeldes huthis aceitaram participar das negociações de paz depois que o governo iemenita exilado em Riad concordou em comparecer ao encontro.

O conflito no Iêmen já deixou quase 2.000 mortos e obrigou mais de 545.000 pessoas a abandonar seus lares, segundo a ONU. (yahoo.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA