Quatro soldados líbios mortos em atentado a carro armadilhado em Benghazi

(D.R)

Quatro soldados líbios morreram segunda-feira num ataque a carro armadilhado visando um agrupamento do Exército no eixo oeste da cidade de Benghazi, exposta a confrontos armados entre as unidades do Exército e as milícias islamitas, indicou esta terça-feira uma fonte militar.

(D.R)
(D.R)

Há três dias, o eixo do oeste de Benghazi é palco de violentos combates entre o Exército e os seus aliados,  de um lado, e a organização Ansar Acharia e o Conselho da Choura dos Revolucionários de Benghazi, do outro.

As forças armadas leais ao Governo reconhecido pela comunidade internacional estão a confrontar-se com vários grupos armados extremistas pelo controlo de Benghazi, a segunda maior cidade da Líbia, lembre-se.

As forças fiéis  já retomaram uma  grande parte do território perdida no ano passado, mas continuam a enfrentar dificuldades porque os combatentes islamitas permanecem escondidos em vários bairros,  na zona portuária, apesar das declarações do comandante do Exército, Khalifa  Haftar, de que as suas forças controlam a maior parte da cidade.

Por outro lado, a organização Daech (Estado Islâmico) na cidade de al-Naouflia (leste) perdeu segunda-feira à noite mais oito elementos  num  ataque aéreo que visou a sede duma empresa egípcia transformada  em quartel-general, indicou uma fonte de segurança. (panapress.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA