Protagonistas da batalha de Waterloo “regressam” à cidade para encenação histórica

(DR)
(DR)
(DR)

A partir desta quinta-feira e até domingo, a cidade belga de Waterloo viaja ao passado para assinalar o bicentenário da batalha que colocou um ponto final no reinado de Napoleão.

Dois séculos depois, a grandiosidade de um espetáculo pensado ao detalhe promete dar que falar. Das reconstituições do teatro de guerra aos acampamentos, nada foi esquecido pelos mais de 5200 participantes.

“Tentamos aproximar-nos dos factos históricos o mais possível. Queremos experienciar os acontecimentos, nos tempos modernos, e isso significa que aprendemos muito sobre como se fizeram as coisas na altura”, explica Eric Edelman, que encarna uma personagem na reconstrução dos acontecimentos.

Representantes oficiais dos antigos países beligerantes e descendentes de figuras chave na batalha inauguram as comemorações, esta quinta-feira. Para Etienne Claude, presidente da associação “Batalha de Waterloo 1815 “, esta será uma demonstração da unidade europeia: “o Governo belga e o Palácio Real belga querem difundir esta mensagem de paz, que surge um pouco na sequência das mensagens lançadas para as comemorações da Primeira e Segunda Guerras Mundiais. Estamos nesse espírito.”

A alegações de falta de envolvimento das autoridades francesas geraram polémica. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA