Procurador-geral egípcio morre em atentado bombista

(D.R)
(D.R)
(D.R)

O procurador-geral do Egipto, Hisham Barakat, morreu num atentado à bomba, no Cairo, esta segunda-feira.

A bomba rebentou no momento em que a coluna de carros que incluía o do procurador passava.

Além da repressão da Irmandade Muçulmana, com a condenação à morte do ex-presidente Mohamed Morsi, o Egipto executou recentemente alegados membros do grupo Estado Islâmico, o que motivou um apelo à vingança. O ramo egípcio do grupo apelou ao assassínio de juízes. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA