Presidente tunisino exige medidas vigorosas na luta contra terrorismo

Presidente tunisino, Béji Caid Essebsi (D.R)
Presidente tunisino, Béji Caid Essebsi (D.R)
Presidente tunisino, Béji Caid Essebsi (D.R)

O Governo tunisino deve enviar uma mensagem a todos para mostrar que lidera a luta contra o terrorismo e que vai assumir as suas responsabilidades adotando medidas dolorosas mas necessárias, declarou o Presidente tunisino, Béji Caid Essebsi, numa declaração feita algumas horas depois do ataque terroristas contra dois hotéis em Sousse, a sul da Túnis.

“A questão é dolorosa, mas todos os que desejam sair da ordem vamos pô-los fora e todos os que desejam usar outra bandeira e não a da Tunísia (alusão à bandeira preta dos terroristas) não têm lugar no país”, acrescentou Essebsi.

“As soluções políticas têm condições. O povo tunisino deve ser solidário”, disse o Chefe do Estado tunisino, acusando, sem os nomear, correntes que desejam destruir o povo tunisino.

Ele insistiu na necessidade de inquéritos justos e que qualquer pessoa envolvida no ataque seja julgada. (panapress.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA