Presidente da República convida empresários dos Emirados Árabes Unidos a investir no país

PR Jose Eduardo dos Santos discursando durante o encerramento do forum do Desporto (ANGOP/Arquivo)
PR Jose Eduardo dos Santos (ANGOP/Arquivo)
PR Jose Eduardo dos Santos (ANGOP/Arquivo)

O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, manifestou, domingo, em Abu Dhabi, a receptividade de Angola no cruzamento de interesses entre empresários privados angolanos e dos Emirados Árabes Unidos, com vista ao desenvolvimento dos dois países e à melhoria da qualidade de vida dos respectivos povos.

José Edurdo dos Santos, que falava num encontro com Sua Alteza Sheikh Mohamed bin Zayed al Nahyan, sublinhou que gostaria de poder contar com a participação dos Emirados Árabes Unidos na criação de parcerias público-privadas entre empresários dos dois países.

O Presidente angolano garantiu ao seu interlocutor que Angola é um país com estabilidade política, social e económica, que necessita de dar continuidade à construção das suas infra-estruturas e que deseja acelerar a diversificação da sua economia.

Angola encara com muito interesse a possibilidade de ampliar a cooperação com os Emirados Árabes Unidos e de reforçar a complementaridade das duas economias, reforçou o Presidente José Eduardo dos Santos.

O Chefe de Estado angolano agradeceu o convite para efectuar a sua primeira visita de Estado aos Emirados Árabes Unidos, a qual considerou que constitui uma oportunidade magna de manifestar ao vivo o desejo de promover uma cooperação bilateral multiforme e mutuamente vantajosa com Abu Dhabi.

No encontro, José Eduardo dos Santos recordou os contactos preliminares já realizados entre os dois Estados por ocasião da visita a Angola do ministro dos Negócios Estrangeiros dos Emirados Árabes Unidos.

Nessa altura, as duas partes haviam identificado potenciais áreas de cooperação, designadamente a nível do comércio, finanças, petróleo e energia.

No plano diplomático, o Presidente da República reconheceu que Abu Dhabi promove uma política de paz e estabilidade regional, que tem contribuído para a manutenção da segurança internacional.

De acordo com o estadista, Angola defende, também, no plano internacional, o diálogo, a solução pacífica e negociada dos conflitos, com vista à instauração de um clima de paz e segurança em todo o mundo.

Nesse sentido, o Presidente angolano reafirmou o desejo de manter com Abu Dhabi uma concertação permanente sobre todos os problemas que afectam a Humanidade, tendo reiterado o convite feito ao Sheik Mohamed para visitar Angola, em data a estabelecer pelos canais diplomáticos.
(portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA