Presidente da China recebe opositora birmanesa

(Foto de STR/AFP)
(Foto de STR/AFP)
(Foto de STR/AFP)

A opositora birmanesa e prémio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi foi recebida nesta quinta-feira pelo presidente chinês, Xi Jinping, no segundo dia de sua visita à China, convidada pelo Partido Comunista Chinês, anunciou a agência chinesa de notícias, Xinhua.

A agência não forneceu nenhum detalhe sobre o encontro.

Trata-se da primeira visita à China da opositora birmanesa, fruto de um convite ao mais alto nível que marca uma grande guinada nas relações entre China e Mianmar.

A reunião ocorreu no Palácio do Povo, segundo a Xinhua, e a visita da prémio Nobel da Paz 1991 terminará no domingo.

Os analistas interpretaram o encontro como um reconhecimento internacional para a líder da oposição birmanesa, cujo partido, a Liga Nacional para a Democracia (LND), aparece como o grande favorito para as eleições do fim do ano.

A China forneceu um apoio quase constante à junta militar sob a qual a opositora birmanesa passou quase 20 anos na prisão ou sob prisão domiciliar.

No entanto, desde o fim do regime militar, em 2011, as relações de China com Mianmar tropeçaram em problemas comerciais e tensões na fronteira relacionados a conflitos entre o governo central birmanês e as minorias étnicas do país. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA