Presidente da AN convidado a visitar Guiné-bissau

Fernando da Piedade Dias dos Santos - Presidente da Assembleia Nacional (Arq) (Foto: Clemente Santos)
Fernando da Piedade Dias dos Santos - Presidente da Assembleia Nacional (Arq) (Foto: Clemente Santos)
Fernando da Piedade Dias dos Santos – Presidente da Assembleia Nacional (Arq) (Foto: Clemente Santos)

O presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, recebeu nesta terça-feira, em Luanda, um convite do seu homólogo da Guiné-Bissau, Cipriano Massamá, para uma visita oficial àquele país, em Outubro do corrente ano.

O convite foi efectuado durante as conversações oficiais entre as delegações parlamentares dos dois países, que decorreram em Luanda para a troca de experiências no domínio parlamentar e o relançamento da cooperação.

Segundo Cipriano Massamá, pretende-se com o convite que o seu homólogo angolano conheça a realidade do seu país nos vários domínios, bem como quer retribuir a “maravilhosa recepção” dos parlamentares angolanos.

Relativamente à realidade do seu país, o parlamentar realçou que a Guiné-Bissau está a sair de uma crise que criou graves dificuldades, tendo afectado o funcionamento normal das instituições e infringido um rude golpe no processo da construção democrática.

Segundo o parlamentar, as causas estruturais das debilidades do seu país são múltiplas e só poderão ser ultrapassadas se a relação com os parceiros de cooperação assentar em processos de transformação estrutural, que possam assegurar o funcionamento das instituições.

Apesar das debilidades, afirmou que a Guiné-Bissau já deu passos significativos que resultaram em sinais claros e perspectivas de mudança, entre os quais a constituição de um governo composto por todos os partidos com assento parlamentar e figuras de partidos sem representação no parlamento.

Deu a conhecer que já foi aprovado um programa de governo, o OGE/2015, o Plano Nacional de Desenvolvimento e a validação pela Assembleia Nacional Popular, do plano estratégico e operacional de desenvolvimento.

Cipriano Cassamá, que encontra-se no país em visita oficial de quatro dias, pretende trocar experiências no domínio parlamentar, no âmbito das relações de amizade e cooperação entre os Estados.

As duas delegações abordaram vários assuntos de interesse do Parlamento Guineense, à reforma parlamentar, promulgação da Constituição e trabalhos das comissões de especialidade, com vista a transmitir a experiência de Angola àquele país. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA