Presidente da Alemanha e rainha de Inglaterra apelam à união na Europa

(euronews.com)

“Sabemos que a divisão na Europa é perigosa e que nos temos de proteger dela tanto no ocidente como no leste do nosso continente. Isso continua a ser um desígnio comum. (Isabel II)”

(euronews.com)
(euronews.com)

Em visita oficial à Alemanha, a rainha de Inglaterra pediu à Europa para se proteger do perigo de uma divisão no continente, num jantar de gala em que o presidente alemão declarou que “a União Europeia precisa do Reino Unido”.

Numa cerimónia em que também marcaram presença David Cameron, que prepara um referendo à presença do reino na união, e a chanceler alemã, Angela Merkel, que juntamente com o primeiro-ministro britânico estão esta quinta-feira na importante cimeira de líderes em Bruxelas, o presidente alemão, Joaquim Gauck, também afirmou que “é essencial um diálogo construtivo sobre as reformas que o Reino Unido” quer na Europa.

Isabel II e Gauck viveram a Segunda Guerra Mundial. A rainha recordou que, na vida, os dois já viram “o pior, mas também o melhor” da Europa. “Fomos testemunhas da forma como as coisas podem mudar rapidamente para melhor, mas sabemos que temos de trabalhar arduamente para conservar os benefícios do mundo do pós-guerra. Sabemos que a divisão na Europa é perigosa e que nos temos de proteger dela tanto no ocidente como no leste do nosso continente. Isso continua a ser um desígnio comum”, afirmou a monarca.

Isabel II e o duque de Edimburgo ficam na Alemanha até sexta-feira e têm na agenda visitas a Frankfurt e ao antigo campo de concentração de Bergen-Belsen, onde morreu Anne Frank. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA