Presidente: Cavaco Silva termina visita à Roménia

(D.R)

O Presidente da República termina hoje a visita de Estado de dois dias à Roménia, com o programa quase todo centrado na parte económica e empresarial da deslocação a um país onde cerca 900 empresas portuguesas têm negócios.

(D.R)
(D.R)

Depois do primeiro dia da visita ter estado completamente reservado a encontros institucionais com o chefe de Estado romeno e os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados, o primeiro ponto da agenda de hoje do chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, será a abertura do Fórum Empresarial Roménia-Portugal.

A acompanhar a comitiva presidencial estão mais de 20 representantes de empresas portuguesas de setores como a construção, moldes, consultadoria, energias renováveis, vinhos, azeite, entre outros.

Segundo dados fornecidos pela Presidência da República, a presença de empresas portuguesas na Roménia é já grande, com mais de 80 a terem capital em empresas locais. A balança comercial também é bastante favorável a Portugal, com exportações na ordem dos 240 milhões de euros no ano passado e importações de 131 milhões de euros.

De acordo com a AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal), em 2009 havia 366 empresas a exportar para este país do leste europeu e, em 2013, eram já 885 empresas.

Na terça-feira, o próprio Presidente da República avançou que já são cerca de 900 as empresas portuguesas a fazerem negócios com os romenos e cerca de uma centena já estão mesmo instaladas no país.

Depois do seminário, Cavaco Silva terá um encontro com o vice-primeiro-ministro e ministro da Administração Interna, Gabriel Oprea.

Inicialmente estava previsto que o chefe de Estado português se encontrasse com o chefe do Governo, Victor Ponta, que está a ser investigado por cumplicidade de evasão fiscal e branqueamento de capitais na época em que era advogado, entre 2007 e 2011. Contudo, depois de no fim de semana se ter deslocado a Baku, no Azerbaijão, para assistir à abertura dos Jogos Olímpicos Europeus, Victor Ponta estará agora na Turquia para ser operado a um joelho.

À tarde, o Presidente da República irá deslocar-se à Biblioteca Central Universitária, onde encerrará o colóquio “Portugal e Roménia: um eterno retorno”, organizado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

Dali a comitiva partirá para o local de construção do centro comercial Park Lake Plaza, um empreendimento da Sonae Sierra, em Titan, que representa um investimento de 180 milhões de euros. O centro comercial terá 200 lojas e dois mil lugares de estacionamento.

Já ao final da tarde, no Museu Nacional de Arte, o Presidente da República assistirá a um concerto da fadista Ana Moura e oferece de seguida uma receção ao seu homólogo da Roménia.

Ao início da noite, Cavaco Silva partirá do aeroporto de Bucareste para Lisboa, onde chegará à meia-noite e meia de sexta-feira. (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA