Polidesportivo: Governador de Benguela inspeciona infra-estruturas para Jogos da SADC

BENGUELA: PARQUE REGIONAL DE CAMPISMO (Foto: Rosario Miranda)

Benguela – O governador de Benguela em exercício, Victor Moita, efectua hoje (quarta-feira) uma visita de constatação ao estado das infra-estruturas que estão a ser construídas para o país acolher pela primeira vez, em 2016, a sétima edição dos jogos da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

BENGUELA: PARQUE REGIONAL DE CAMPISMO (Foto: Rosario Miranda)
BENGUELA: PARQUE REGIONAL DE CAMPISMO (Foto: Rosario Miranda)

Victor Moita, que nesta jornada de campo se fará acompanhar de membros do seu pelouro, irá verificar in-loco as condições dos estádios, pavilhões, locais de treinamento e instalações destinadas à acomodação das selecções nacionais participantes nos jogos em sub-20, agendados para Dezembro de 2016.

Serão visitadas, entre outras infra-estruturas, as obras de construção do Parque Regional de Campismo, já em fase de conclusão, prevista para finais deste ano. Trata-se de um empreendimento numa área de 12 hectares com vista para o mar, projectado para acolher mais de duas mil pessoas, entre atletas, dirigentes e técnicos.

No interior do Parque Regional de Campismo onde, está a ser construída uma piscina, para oferecer boas condições para a prática das modalidades aquáticas, por altura da competição regional.

A visita inclui outras infra-estruturas complementares ao evento, como quadras de ténis e pista de atletismo, numa perspectiva de corresponder aos exigentes padrões internacionais.

As autoridades prevêem implantar uma pista de atletismo e duas quadras de ténis, nas imediações do Estádio Nacional Ombaka.

Assim sendo, a construção da piscina, pista de atletismo e quadras de ténis constituirão o maior legado que os Jogos da SADC deixarão para Benguela, que terá mais opções para a prática de novas modalidades, que até então não têm espaço adequado na terra das Acácias Rubras.

Os Jogos da SADC serão disputados em futebol, basquetebol, atletismo, ténis, boxe, natação, netball e desporto adaptado, nas cidades de Benguela e do Lobito, devendo movimentar mais de duas mil pessoas, entre atletas, técnicos e dirigentes.

Além de Angola, espera-se a participação dos restantes membros da SADC, designadamente África do Sul, Moçambique, Botswana, Malawi, Ilhas Seychelles, Ilhas Maurícias, Madagáscar, Zimbabwe, Lesotho, RD Congo, Tanzânia, Namíbia, Zâmbia e Swazilândia. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA