País participa na reunião de selecção dos prémios de jornalismo da SADC

Director nacional de Informação do MCS, Rui Vasco (Foto: Angop)

Uma delegação angolana, chefiada pelo director nacional de Informação, do Ministério da Comunicação Social (MCS), Rui Vasco, participa, desde segunda-feira até sábado, na cidade zimbabweana de Victoria Falls, na 20ª reunião do Comité Regional de Adjudicação dos Prémios de Jornalismo da SADC.

Director nacional de Informação do MCS, Rui Vasco (Foto: Angop)
Director nacional de Informação do MCS, Rui Vasco (Foto: Angop)

Uma nota de imprensa da Embaixada de Angola no Zimbabwe, enviada hoje, sexta-feira, à Angop, realça que nesta reunião serão seleccionados os jornalistas de países membros da organização que receberão, no decorrer da próxima Cimeira de Chefes de Estado da SADC, a decorrer ainda este ano no Botswana, o prémio de dois mil dólares para as categorias individuais de imprensa escrita, rádio, televisão e foto-jornalismo, melhores trabalhos publicados em 2014 nas mesmas especialidades que sublinhem a importância da água como factor de integração e desenvolvimento da região austral de África.

Angola, cuja delegação integra ainda o presidente do Comité Nacional de Adjudicação dos prémios de jornalismo da SADC, José Júlio Mendonça, a directora do Gabinete de Intercâmbio do MCS, Maria de Lourdes Mouzinho e Rodolfo Kikolo (ambos na qualidade de membros do referido comité), concorre nas categorias de imprensa escrita e rádio.

Além da adjudicação dos prémios referentes aos trabalhos publicados durante o ano de 2014, os membros deste comité da SADC aprovaram também as normas e os regulamentos que nortearão a próxima edição do concurso.

Mantendo como objectivo primcipal sublinhar importância da integração regional como factor comum de desenvolvimento da SADC, o concurso visa igualmente sensibilizar as populações para valores sagrados como a liberdade e a justiça social ancorados nos princípios comuns e nas afinidades históricas e culturais dos países da região.

Baseados nestas linhas mestras, os jornalistas angolanos que queiram participar no concurso do próximo ano deverão submeter os seus trabalhos ao Comité Nacional até ao dia 29 de Fevereiro.

Depois de os ter devidamente apreciado e de acordo com as normas e os regulamentos do concurso, o comité nacional terá que escolher um trabalho em cada uma das referidas especialidades remetendo-o, depois, ao Secretariado do Comité Regional até ao dia 30 de Abril.

Podem concorrer na categoria de impremsa escrita, trabalhos que tenham sido publicados em 2015 em jornais, magazines, newsletters ou websites, com um mínimo de 100 e o máximo de duas mil palavras.

No que respeita à rádio e à televisão, podem concorrer trabalhos com uma duração minima de um minuto e máxima de uma hora, enquanto em foto-jornalismo serão admitidas a concurso desde uma simples foto até álbuns com um máximo de 20 imagens.

Os vencedores, tal como na edição deste ano, serão anunciados e receberão os prémios a que têm direito no decorrer da subsequente Cimeira de Chefes de Estado da SADC. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA