Orquestra Sinfónica Kaposoka exibe-se no memorial António Agostinho Neto

Orquestra Sinfónica Kaposoka (Foto: D.R)

A Orquestra Sinfónica Kaposoka exibiu-se quinta-feira em Luanda, no memorial António Agostinho Neto, actividade que serviu para celebrar as relações culturais e de amizade entre Angola e Itália.

Orquestra Sinfónica Kaposoka (Foto: D.R)
Orquestra Sinfónica Kaposoka (Foto: D.R)

A sala de cerimonias do memorial registou boa casa para ver actuar um dos melhores grupos sinfónicos do país, onde entre os convido estiveram presentes cidadãos italianos, angolanos e diplomatas dos dois países.

Após entoar o hino dos dois países a Orquestra Sinfónica Kaposoka começou por interpretar o tema “Cavaleiro Rusticana” do cantor italiano Pietro Mascagni, seguindo-se Filhos de África do grupo as Gingas, Yembele yembele de Teta Lando e Tata Nkento do mesmo cantor.

A segunda parte da exibição ficou marcado pela entoação dos temas. La travaita e Nabuscco do cantor italiano Giuseppe Verdi, seguindo-se Concerto in la maggione de António Vivaldi e Adágio in Gminore de Tomaso Albinoni.

Durante o evento o responsável do grupo Pedro Fançony considerou importante este intercambio entre Angola e Itália, avançado que esta troca de experiencia ser de certa forma para os dois países reforçarem os laços de amizade e cultural.

Pedro Fançony considerou que esta colaboração entre a orquestra e o director italiano Carlos Taffuri foi uma mas valia pôs os grupos podem desenvolver outros conhecimento sobre a musica clássica mundial.

A Orquestra Sinfónica Kaposoka foi formada em 10 de Outubro de 2008, inicialmente com 67 crianças. Actualmente fazem parte mil e 260 crianças. Com o apoio do Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, este ano o projecto pretende expandir-se em todo o país, com o objectivo de transmitir valores sócio-pedagógicos a crianças de várias idades, através do ensino da música. (portalangop.co.ao)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA