Nova Sotecma avança com espaço na Catumbela para reforçar no Sul

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

Volume de vendas este ano dependerá da situação económica do País, mas a operação avança a “bom ritmo”, diz ao Expansão o director-geral da empresa.

Novas instalações aumentam capacidade de gestão de stock e vão permitir servir melhor zona sul do País, afirma o responsável.

A Nova Sotecma teve um volume de vendas na ordem dos 2,7 mil milhões Kz (25 milhões USD) no ano de 2014, revelou ao Expansão o director-geral adjunto da empresa angolana que se dedica à venda de materiais electrónicos e de construção, Moura dos Santos.

Segundo o responsável, que não comparou os resultados com os do ano anterior, o desempenho foi em linha com o que era esperado, apesar da situação económica que o País enfrentou no decorrer de 2014.

Este ano, disse, o volume de vendas deverá depender mais “do crescimento da economia angolana”. Ainda assim, adiantou o gestor, a expansão da actividade da empresa encontra-se a “bom ritmo”, estando neste momento a ser construídas novas instalações em Catumbela (Benguela), cujo valor de investimento não precisou.

Segundo Moura dos Santos, a construção das novas instalações naquele município vai permitir o aumento da capacidade de stock da empresa e, assim, “melhorar de alguma forma o nível de serviço aos clientes na zona sul do País”. Nesta altura, disse, a Nova Sotecma tem em stock produtos avaliados em mais de 20 milhões USD.

Máquinas como motosserras, sopradores, máquinas de alisamento de betão, motobombas, centrais de combate a incêndios, recortadoras, cultivadores, geradores, podadoras de altura, compressores de pistão, rolos de vibração, roçadoras e outras destinados à construção civil, indústria, bombagem e soldaduras são comercializadas pela empresa.

A Nova Sotecma vende produtos provenientes de países da Europa, da Ásia, da América do Sul (Brasil) e da África do Sul, e produz localmente moinhos de martelos para farinha. Também em Angola, acrescentou, é garantido o suporte técnico pós-venda a todos os produtos comercializados.

Questionado sobre os preços praticados pela companhia, o gestor disse que “são adequados ao valor gerado para os clientes” e garantiu que “através da melhoria da eficiência da nossa operação, temos vindo a reduzir custos”.

A empresa conta com uma carteira de clientes composta por firmas que trabalham nas áreas de construção, energia, alimentação e bebidas, transportes, minas e petróleo. Há 20 anos no mercado, a Nova Sotecma tem a sua sede em Luanda, onde está uma área de exposição de 800 metros quadrados e uma zona de armazenamento coberta de 4.000 metros quadrados. Tem ainda filiais no Lobito (Benguela) e uma loja em Viana. Actualmente, conta com 130 colaboradores. (expansao.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA