Nova Iorque: Funcionária de uma cadeia acusada de facilitar a fuga de dois assassinos

(DR)
(DR)
(DR)

Dois prisioneiros escaparam de uma cadeia de alta segurança de Nova Iorque, na semana passada, e uma funcionária está acusada de cumplicidade. Joyce Mitchell, supervisora na prisão de Dannemora, foi presa por suspeita de contrabando e por facilitar a fuga de David Sweat e Richard Matt.

Alegadamente, esta mulher de 51 anos, mantinha uma relação amorosa com David Sweat. Presente em tribunal, declarou-se inocente, na passada sexta-feira. Se for condenada, pode vir a cumprir uma pena de sete anos de prisão.

As autoridades não adiantaram a natureza do contrabando que deu entrada nesta prisão, localizada a 32 km a sul da fronteira canadiana. Os assassinos condenados conseguiram sair através de orifícios feitos em paredes de aço e estão a monte desde o sábado passado. Estão envolvidos mais de 800 agentes da polícia, nesta caça ao homem, juntamente com cães pisteiros e recursos aéreos. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA