Nigéria: 10 mortos e 30 feridos em atentado suicida no nordeste do país

(AFP)
(AFP)
(AFP)

Dez pessoas morreram em um mercado no nordeste da Nigéria, quando uma menina de apenas 12 anos de idade detonou os explosivos que levava presos ao corpo, informaram o familiar de um ferido e um membro das equipes de socorro.

A jovem se explodiu em Gujba, no estado de Yobe, por volta das 11h (7h de Brasília), “matando 10 pessoas e ferindo pelo menos 30 outras”, relatou Hussaini Aisami, o familiar de um dos feridos.

“Entrou no mercado e foi para a secção de cereais. Activou os explosivos no meio dos comerciantes e clientes”, contou.

Na véspera, pelo menos 20 pessoas morreram em um ataque suicida cometido por uma mulher-bomba em uma rodoviária em Maiduguri, reduto do grupo islâmico Boko Haram no norte da Nigéria.

Maiduguri é a maior cidade do nordeste do país.

A explosão ocorreu perto do mercado de peixes na estrada para Baga às 15h50 (11h50 de Brasília), segundo Danlami Ajaokuta, um miliciano que combate os jihadistas do Boko Haram ao lado do Exército nigeriano. Suas palavras foram confirmadas por um morador.

Nenhum grupo reivindicou a autoria dos atentados, mas o Boko Haram costuma ter como alvo pontos de ónibus e mercados, recorrendo a jovens suicidas.

A violência deflagrada pelo grupo já deixou mais de 15.000 mortos desde 2009.

Gujba faz parte das localidades do estado de Yobe, controlado pelo Boko Haram desde 2014.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA