Município de Icolo e Bengo poderá beneficiar de energia proveniente do Soyo

Linhas de alta tensão de energia (Foto: Pedro Parente)
Linhas de alta tensão de energia (Foto: Pedro Parente)
Linhas de alta tensão de energia (Foto: Pedro Parente)

O município de Icolo e Bengo, província de Luanda, vai brevemente beneficiar de fornecimento de energia eléctrica proveniente de uma turbina a gás que está ser instalada no município do Soyo, província de Zaire.

A informação foi prestada, sexta-feira, à Angop, pelo director municipal do Ambiente, Energia e Água, Bento Júlio Cadete, tendo sublinhado que num período curto, a região deixará de ter problemas relacionados com a energia, fruto desta aposta do Executivo.

O responsável sublinhou que o projecto já é visível na circunscrição, devido a colocação de postes de alta tensão a partir do município do Soyo, estando a 12 quilómetros de distância de Catete, mais propriamente na localidade do Dungo, periferia de Catete, sede municipal de Icolo e Bengo.

Entretanto, acrescentou, o ramal de alta tensão proveniente deste projecto vai beneficiar o aeroporto internacional de Luanda que está a ser construído na comuna de Bom Jesus, a própria comuna de Catete.

Para além deste projecto, realçou, encontram-se igualmente em curso nesta municipalidade, os empreendimentos de duas subestações eléctricas, uma em Catete e outra na localidade de Bango, via da Kiminha.

Actualmente, a circunscrição de Icolo e Bengo é abastecida pela barragem hidroeléctrica de Cabambe e Capanda, e apesar de algumas insuficiências, mais de três mil 180 casas estão eletrificadas, para além de algumas instituições do Estado.

“ Com todas estas iniciativas governamentais , não temos dúvidas de que os problemas de Energia electrica nesta região estarão resolvidos brevemente” sustentou o responsável.

O município de Icolo e Bengo que dista à 60 quilômetros a Este da capital do país, Luanda, possui uma população estimada de 74 mil e 644 habitantes que se dedicam maioritariamente actividade agrícola e piscatória. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA