Moxico: Encerrado 1º curso de Atenção às Doenças de Infância

Técnicos de saúde mais capacitados para assistência sanitária infantil (Foto: Arquivo/Angop)
Técnicos de saúde mais capacitados para assistência sanitária infantil (Foto: Arquivo/Angop)
Técnicos de saúde mais capacitados para assistência sanitária infantil (Foto: Arquivo/Angop)

Vinte técnicos de saúde terminaram hoje, domingo, no Luena, o I curso provincial de Prestadores da Atenção Integrada às Doenças de Infância (AIDI), com o intuito de revitalizar a vigilância epidemiológica para reduzir-se a morbi-mortalidade infantil na província.

Com a participação de técnicos de todos os nove municípios da província, a acção formativa decorreu em seis dias e abordou a “avaliação e classificação da criança doente de dois meses a cinco anos”, “identificação do tratamento”, “aconselhamento à mãe”, “práticas hospitalares”, entre outros.

No acto de encerramento, os formadores, numa nota lida, sugeriram à direcção provincial da Saúde para criar condições e escolher uma unidade sanitária piloto onde todos formandos poderão aplicar os conhecimentos adquiridos.

Já os participantes comprometeram-se em aplicar os conhecimentos adquiridos nas unidades sanitárias em que labutam, pedindo a generalização e actualização permanente de acções formativas do género.

Por sua vez, o chefe de departamento provincial de Saúde Pública e Controlo das Endemias, Domingos Mufenji, explicou que o pacote de reforço dos serviços municipais de saúde prevê actividades de formação para o pessoal de saúde e não só para contribuir na melhoria da prestação dos serviços.

Por isso, nos próximos tempos serão formados mais 60 técnicos em matérias de AIDI, enquadrada na estratégia de colaboração entre os diferentes programas, para uma melhor integração das actividades sanitárias e aperfeiçoar o manejo das doenças mais comuns da infância, contribuindo para a redução da mortalidade de crianças menores de cinco anos. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA