Moxico: Defendida gestão adequada e sustentável da Cidade de Sucesso

MOXICO: CENTRO LOCAL DE EMPREENDEDORISMO E SERVIÇOS DE EMPREGO (CLESE) (Foto: Angop)

Luena – O Director Nacional do Trabalho e Formação Profissional, Leonel Bernardo, afirmou sexta-feira que uma gestão adequada e sustentável da escola rural técnico-profissional “Cidade jovens de Sucesso”, para contribuir na diversidade da formação de quadros.

MOXICO: CENTRO LOCAL DE EMPREENDEDORISMO E SERVIÇOS DE EMPREGO (CLESE) (Foto: Angop)
MOXICO: CENTRO LOCAL DE EMPREENDEDORISMO E SERVIÇOS DE EMPREGO (CLESE) (Foto: Angop)

Ao falar no acto da transferência do referido projecto da empresa Israelitas “Mitrelli” para os Salesianos de Dom-Bosco, reiterou que a escola se insere nos objectivos do Executivo de elevar a qualificação dos jovens, no âmbito do Plano Nacional de Formação de Quadros (PNFQ).

Ainda sobre os objectivos disse o projecto visa valorizar o capital humano e, acima de tudo, promover acções no quadro das políticas do Governo de apoio à juventude para o crescimento do país, e oferecer oportunidades de negócios e de formação profissional.

Disse que a escola tem meios tecnológicos para preparar os jovens com competências e habilidades necessárias para contribuírem no fornecimento de mão-de-obra qualificada e capaz de dar respostas ao actual processo de desenvolvimento do país, consolidando os programas de aceleração e diversificação da economia.

“Estou certo de que este projecto vai contribuir também nos sectores da agronomia, pecuária, industria, hotelaria, restauração, entre outros, pois, a sua construção enquadrou-se ao comprimento de uma orientação do titular do poder Executivo que determina maior celeridade dos projectos de inclusão da juventude” frisou.

Fez saber que, no final do curso dentro de quatro anos, serão formados 82 técnicos, totalizando 27 mil jovens de diferentes extractos sociais em formação, distribuídos nas 106 especialidades, em todo país, cujas aulas estão asseguradas por mil e 200 formadores.

O projecto Cidade Jovens de Sucesso está implantado numa área de oito mil metros quadrados e conta com 42 funcionários, entre nacionais e expatriados que operam nas especialidades de mecânica, carpintaria, agricultura, serralharia, entre outros. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA