Mira Amaral: Problema da dívida pública e externa portuguesa “longe de estar resolvido”

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

O antigo ministro da Indústria Luís Mira Amaral afirmou esta quarta-feira, em Famalicão, que o problema da dívida pública e externa de Portugal “está longe de estar resolvido”, apesar do “sucesso exportador” do país.

“O problema é que herdámos um passado muito complicado, com uma pesada dívida pública e externa. São pesadas mochilas que ainda temos às costas. O problema português está longe de estar resolvido, apesar de, felizmente, já termos grande sucesso exportador”, referiu.

Para Mira Amaral, “quem aguentou o país neste período de austeridade foram os exportadores portugueses”.

O antigo governante falava em Famalicão, durante a inauguração, no Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE), de uma exposição alusiva aos últimos 50 anos do têxtil e vestuário em Portugal.

Mira Amaral disse que aquele sector pode ser visto como um exemplo para o país, já que soube “dar a volta”, modernizando-se e assumindo um perfil exportador.

O antigo governante vaticinou que uma política de salários baixos não pode ser o caminho para Portugal, já que “apareceriam sempre países com salários ainda mais baixos”. “Isso [salários baixos], não é um modelo sustentável para as empresas portuguesas. O nosso problema é que ainda estamos a meio caminho entre esse modelo de salários baixos e o chamado modelo da economia do conhecimento”, acrescentou. (jornaldenegocios.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA