Ministro da Saúde diz que Atlas de Radiologia vai influenciar alunos de medicina

Ministro da Saúde, José Van-Dúnem (Foto: Francisco Miudo)
Ministro da Saúde, José Van-Dúnem (Foto: Francisco Miudo)
Ministro da Saúde, José Van-Dúnem (Foto: Francisco Miudo)

O ministro da Saúde, José Van-Dúnem considerou nesta quinta-feira, em Luanda, que a obra “Atlas de Radiologia- Tórax”, vai influenciar positivamente os alunos que estão a fazer medicina e os futuros especialistas de imagiologia para o suporte da sua actividade laboral.

Em declarações à Angop, à margem do lançamento da obra didáctica da autoria dos professores Vasco Sabino da Silva e João Carlos Costa, o governante sublinhou ser importante a publicação de obras de imagiologia angolana, reflectindo a realidade que se está a passar em Angola.

De acordo com o ministro, a apresentação da obra mostra que os profissionais angolanos começam a publicar resultados do seu trabalho, da sua investigação e sistematização da saúde.

“Isso é positivo, porque vai gerar um movimento científico de cultura médica que vai acabar reflectindo-se no aumento da qualidade dos nossos profissionais e do acesso da bibliografia baseada na realidade angolana”, disse.

José Van-Dúnem considerou a obra como tendo sido “bem-feita”, pelo facto de ser produzida por profissionais com muita experiência, ligados a área assistencial e área da docência, que tiveram a preocupação de combinar imagens e textos que vão “seguramente influenciar positivamente os alunos que estão a fazer medicina como futuros especialistas de imagiologia e médicos de clínica geral, que vão poder contar com esta obra que vai servir de suporte na sua actividade laboral principalmente no interior do país onde não tem muitas bases de apoio”.

A obra é resultado da experiência diária na prática clínica de 30 anos dos seus autores, com a colaboração dos vários Serviços Hospitalares de renome Internacional, por onde passaram profissionalmente e da colaboração dos vários Departamentos da Clínica Girassol.

A obra é o primeiro de oito volumes, destinados cada um deles a diferentes áreas da prática médica – técnica, como contribuição na grande aposta da Clínica Girassol na vertente do ensino e formação, demonstrando o grande empenho e capacidade da Clínica Girassol na formação de quadros na área das Ciências Médicas, estabelecendo assim novo paradigma no investimento da referida formação, com rumo á sua autonomização nacional.

Com 170 páginas, destacando, logo no inicio um estudo da anatomia do tórax através de imagens devidamente legendadas. São 8 páginas dedicadas a radiografias do tórax, diferenciando idades e sexos (recém nascidos, de crianças, adultos e idosos).

Seguem-se depois 12 páginas, também dedicadas ao estudo da anatomia do tórax, mas por imagens de tomografia, que se dedica em fornecer elementos fundamentais da anatomia.

Depois seguem-se 117 páginas, onde nas 115 são apresentados casos clínicos, constando sempre informação clínica, descrição das imagens, hipóteses de diagnóstico, o diagnósticos e a discussão.

A obra foi coordenada por Vasco Sabino da Silva e João Carlos Costa, conta com a autoria dos médicos radiologistas João Carlos Costa, Henrique Rodrigues, Conceição Pernadas, João Oliveira, Teresa Joana Costa, Frederico Cavalheiro, Dinis Teixeira, Pedro Marques, Constância de Palma Gomes, Ana Faria Vilaça, Elisa da Cunha e Conceição Júlio.

A mesma contou igualmente com a colaboração dos médicos radiologistas, anatomopatoligistas e Cardiologistas, Adalgisa dos Santos, Ana Henriqueta, Ângela Ribeiro, Fortunato Vieira, Inês Lundungo, Jacob Camarada, Juan Alberto Rivas, Miguel Ramirez, José Sotolongo, Olga Kolesnikova, Rachel uingilu, Ramon Mantilla e Teresa Correia.

Foram disponibilizados para venda pela Editora Bisturi-Angola, 1.000 exemplares da obra em língua Portuguesa e 500 exemplares em língua Inglesa. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA