Ministro da Defesa na Cimeira africana

Ministro da Defesa Nacional, João Lourenço (D.R)

O ministro da Defesa Nacional, João Lourenço, participa na Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), de 13 a 16 deste mês, em Joanesburgo, África do Sul, em representação do Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

Ministro da Defesa Nacional, João Lourenço (D.R)
Ministro da Defesa Nacional, João Lourenço (D.R)

João Lourenço viaja amanhã para Joanesburgo. O encontro  de líderes africanos discute a implementação de acções para a integração do continente com base numa agenda de desenvolvimento para os próximos 48 anos, a Agenda 2063.

Os 54 Estados africanos, com o aproximar do fim da Agenda 2015, consagrada aos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) definidos pelas Nações Unidas em 2000, vão agora perspectivar a Agenda de Transformação do continente no quadro da Agenda 2063.

Sob o lema “Ano do Fortalecimento da Mulher e do Desenvolvimento da África: Rumo à Concretização da Agenda 2063”, os líderes africanos analisam os relatórios da organização sobre a crise humanitária causada pela epidemia de ébola em vários países da África Ocidental, sobretudo na Guiné Conacri, Libéria e Serra Leoa.

Estes documentos, nomeadamente um do Conselho de Paz e Segurança, analisam questões ligadas ao terrorismo, ao extremismo radical, a conflitos e à resposta de África a todos esses fenómenos.

Os Chefes de Estado e de Governo analisam relatórios  sobre a Agenda de Desenvolvimento pós-2015, o comércio em África, a implementação do programa da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (NEPAD), reformas no seio das Nações Unidas e as mudanças climáticas.

A Cimeira  devia realizar-se no Chade, mas, devido aos receios de possíveis ataques armados por militantes do grupo  Boko Haram, foi transferida para a África do Sul. (jornaldeangola.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA