Ministro angolano da Defesa na Cimeira da União Africana

MINISTRO DA DEFESA, JOÃO LOURENÇO (Foto: Lucas Neto)

O ministro da Defesa, João Lourenço, seguiu ao princípio da tarde desta sexta-feira, para a África do Sul, onde, em representação do Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, vai participar na 25ª Cimeira da União Africana (UA), que acontece a 15 do corrente.

MINISTRO DA DEFESA, JOÃO LOURENÇO (Foto: Lucas Neto)
MINISTRO DA DEFESA, JOÃO LOURENÇO (Foto: Lucas Neto)

Em declarações à imprensa, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, momentos antes de deixar Luanda, João Lourenço informou que a sessão vai analisar um conjunto de temas e dossiers que preocupam os líderes e governos africanos.

Acrescentou que, dentre os dossiers se destaca o “terrorismo” que se instalou no continente e periga a paz não só de África, mas, também, mundial pois a guerra é um fenómeno universal e as soluções devem ser universais.

“Portanto todos os países, não apenas os que estão directamente afectados pelo fenómeno, são chamados a prestar particular atenção ao terrorismo”, apontou.

Sobre os conflitos em África, considerou que Angola continua a defender o diálogo para alcançar a paz, mesmo porque estes (conflitos) têm origens e particularidades diferentes uns dos outros.

Sob o lema “Ano do Empoderamento da Mulher e do Desenvolvimento da África: Rumo à Concretização da Agenda 2063”, a reunião vai debruçar-se também sobre um relatório do retiro ministerial sobre o primeiro plano de aplicação decenal da Agenda 2063 da organização e os respectivos mecanismos de financiamento.

A análise dos relatórios da organização sobre a crise humanitária causada pela epidemia do Ébola em vários países da África Ocidental estará ainda em agenda, assim como os dos diferentes comités constituídos com mandatos precisos sobre a Agenda de Desenvolvimento pós-2015.

A 24ª Cimeira da União Africana teve lugar em Janeiro último em Addis Abeba, Etiópia. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA