Mau tempo obriga Solar Impulse 2 a aterrar no japão (Vídeo)

(D.R)
(D.R)
(D.R)

O revolucionário avião Solar Impulse 2, que no sábado se lançou na conquista da etapa do pacífico na volta ao mundo com energia solar, teve que interromper o seu curso. Vai ter agora que aterrar no Japão.

Com o piloto suíço André Borschberg aos comandos, a aeronave voou em círculos em espera devido a uma frente de nuvens sobre o mar do Japão. E finalmente, os meteorologistas interromperam o voo devido ao mau tempo, o Solar Impulse vai ter que aterrar na cidade japonesa de Nagoya.

O avião levantou voo no sábado da localidade chinesa de Nankin para aquela que era a mais perigosa etapa da volta ao mundo com energia solar que teve início em março em Abu Dabi.

Nesta etapa, o destino é o Havai a oito mil e quinhentos quilómetros de distância da China, ou seja, seriam seis dias e cinco noites sem interrupção. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA