Marinho e Pinto e o Diabo “têm qualidade em comum”

(D.R)

Com o objetivo de “parar o caminho fascizante do PDR”, e apesar das divergências com o atual líder Marinho e Pinto, Eurico Figueiredo garante que não abandonará o partido que fundou.

(D.R)
(D.R)

Marinho e Pinto “é um homem perigoso para a democracia portuguesa”, defende Eurico Figueiredo, Fundador do Partido Democrático Republicano (PDR).

Apesar de admitir ter seguido o atual líder do PDR durante um ano, em entrevista ao jornal i Eurico Figueiredo não poupou nas cítica ao ex-bastonário ad Ordem dos Advogados.

“Ele é muito inteligente, muito combativo, à semelhança, por exemplo, de Mussolini. Acredito que queira fazer alianças com o Diabo, têm muitas qualidades em comum”, disse o fundador do PND sobre Marinho e Pinto.

“Durante um ano estive ao lado dele e levei-o excessivamente a sério. Não se pode levar a sério um vigarista”, acrescentou.

O eurodeputado eleito pelo Partido da Terra anuncia ter conseguido reunir um número de assinaturas superior ao legalmente exigido para criar um novo partido e vai hoje apresentar o processo da sua legalização no Tribunal Constitucional (TC). (noticiasaominuto.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA