Lunda Sul: Registados mais de 100 casos de mordeduras de animais

(DR)
(DR)
(DR)

Cento e setenta casos de mordeduras de animais, entre cães, gatos, macacos e cobras, foram registados de Janeiro a presente data, pelo Programa Alargado de Vacinação (PAV) na província da Lunda Sul, informou nesta sexta-feira o técnico da referida unidade, Benvindo Pensamento.

Em declarações à Angop, o responsável comunicou que do número expresso, dois são por mordedura de gatos, igual número de serpentes e 164 de cães, com uma média de 10 a 15 casos/dia, o que preocupa as autoridades sanitárias da província.

Benvindo Pensamento explicou que os casos registados são mais em crianças menores de dez anos de idade.

Na ocasião, apelou aos cidadãos no sentido de se dirigirem ao PAV, em caso de serem mordidos por um animal vadio, para apanharem a vacina anti-rábica a fim de evitarem as mortes por raiva.

Segundo as autoridades sanitárias, os serviços veterinários na província da Lunda Sul prevêem vacinar 26 mil e 500 animais, entre caprinos, bovinos, cães, gatos e macacos, durante a campanha de vacinação contra peste de pequenos ruminantes, dermatite nodular contagiosa e raiva.

Com início previsto para o final do mês em curso, a campanha terá a duração de três meses e para o seu êxito, estão já disponíveis oito mil e 100 vacinas anti-rábica, aguardando-se pela recepção das vacinas para os bovinos e pequenos ruminantes.

Dos 26 mil e 500 animais a serem vacinados, 20 mil serão pequenos ruminantes, cinco mil e 500 bovinos e mil animais de estimação.

Em 2014, segundo as autoridades sanitárias, foram registados 65 casos de mordedura de animais diversos. (portalangop.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA