Incêndio nos Congolenses causa danos avaliados em mais de sete milhões de Kwanzas

LOJA NO INTERIOR DOS CONGOLENSES DEPOIS DO INCÊNDIO (Foto: Lucas Neto)

Pelo menos sete milhões e 752 mil Kwanzas é o prejuízo provocado pelo incêndio de pequenas proporções que deflagrou , na noite de quinta-feira, no interior do mercado dos Congolenses, no distrito urbano do Rangel, sem causar vítimas humanas.

LOJA NO INTERIOR DOS CONGOLENSES DEPOIS DO INCÊNDIO (Foto: Lucas Neto)
LOJA NO INTERIOR DOS CONGOLENSES DEPOIS DO INCÊNDIO (Foto: Lucas Neto)

Segundo a administração do mercado em declarações hoje, sexta-feira, à Angop, o incêndio que atingiu totalmente quatro lojas e parcialmente outras cinco, foi causado presumivelmente por um curto-circuito.

O incêndio começou por volta das 22 horas e foi extinto pelo serviço de bombeiros depois das 23 horas do mesmo dia.

A administração do mercado afirmou que as lojas afectadas continham produtos inflamáveis, vestuário, calçados, perfumes, telefones móveis, entre outros.

Um dos vendedores reconheceu que existe uma certa negligência por parte dos comerciantes, porque não tem cuidado de separar os produtos.

“Muito de nós acumulamos, num mesmo estabelecimento, produtos eletrónicos, inflamáveis e vestuários, muitas vezes mal acondicionados, facto que pode ter facilitado a propagação do incêndio e dificultado o trabalho do corpo de bombeiros”, afirmou.

O distrito urbano do Rangel conta com uma população estimada 600 mil habitantes, comporta os bairros do Marçal, Rangel e Terra Nova (Sede Distrital). (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA