Huíla: Municipalização dos serviços de saúde alarga rede sanitária de Chicomba

CRESCE REDE SANITÁRIA EM CHICOMBA (Foto: Morais Silva)

Chicomba – O Programa de Municipalização dos Serviços de Saúde permitiu construir e apetrechar 16 unidades sanitárias, expandindo os serviços de saúde em todas as comunas do município de Chicomba, 220 quilómetros a norte da cidade do Lubango, província da Huíla.

CRESCE REDE SANITÁRIA EM CHICOMBA (Foto: Morais Silva)
CRESCE REDE SANITÁRIA EM CHICOMBA (Foto: Morais Silva)

Em declarações hoje, segunda-feira, à Angop, o director municipal em exercício da saúde, Miguel Cayayo Correia, disse que das 16 unidades sanitárias, nove são postos de saúde, seis centros e um hospital municipal que tem acoplado os serviços do Centro Materno Infantil com todos os serviços básicos.

Miguel Correia assegurou que os serviços de saúde em Chicomba são consideráveis, na medida em que o município não regista nenhum surto epidemiológico e todas as unidades têm medicamento suficientes para atender as patologias que são diagnosticadas.

Sublinhou que o sector funciona com 59 quadros, destes 16 são técnicos de saúde. Os demais são funcionários administrativos e enfermeiros auxiliares, número insuficiente para atender a demanda, carecendo de igual cifra para aliviar a pressão.

O Programa de Municipalização dos Serviços de Saúde consome anualmente mais de 190 milhões de Kwanzas, no município.

Dados estatísticos provisórios do Censo Geral da População e Habitação de 2014 indicam que no município de Chicomba, localizado a 220 quilómetros do Lubango, vivem 127 mil e 273 habitantes. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA