Huambo: Mulheres do Bailundo informadas sobre vantagens de consumo do leite de soja

ADMINISTRADORA ADJUNTA DO BAILUNDO, DOLINA MIGUEL (Foto: Angop/Arquivo)
ADMINISTRADORA ADJUNTA DO BAILUNDO, DOLINA MIGUEL (Foto: Angop/Arquivo)
ADMINISTRADORA ADJUNTA DO BAILUNDO, DOLINA MIGUEL (Foto: Angop/Arquivo)

Duzentas e sessenta mulheres do município do Bailundo, 75 quilómetros a norte da cidade do Huambo, foram esclarecidas, quinta-feira, sobre os benefícios para o ser humano do consumo de leite de soja, numa iniciativa da organização não governamental ?Codespa?.

O facto ocorreu durante uma palestra que teve lugar no Centro Cultural Mbalundo, na sede da vila do Bailundo, orientado pelo delegado da Codespa, Juan Molina, tendo realçado que a soja constitui uma “excelente” fonte de proteínas vegetal, por possuir grande quantidade de aminoácidos essenciais para o organismo humano.

“Oferece vantagens, tanto em relação aos alimentos de origem animal, como aos outros grãos integrados do grupo das leguminosas. Diferente de outros alimentos vegetais, é o único de seu grupo que contem proteínas de alto valor biológico, assim como proteínas animal”, destacou.

O palestrante assegurou que a incorporação da soja na alimentação ajuda a reduzir os níveis de colesterol, pode também ajudar a reduzir os riscos de enfarte, trombose, aterosclerose e acidentes vasculares cerebrais.

Na ocasião, a administradora adjunta do Bailundo, Dolina Nasocópia Miguel, enalteceu a iniciativa da Organização Não Governamental, por ter escolhido a sua área de jurisdição para a demonstração dos benefícios do consumo do leite de soja, o que vai contribuir na melhoria da dieta alimentar da população.

“O município do Bailundo possui solos férteis para a produção de leguminosas, infelizmente não existe capacidade de transformação, com essa demonstração vamos incentivar as famílias camponesas a apostarem na produção desse cereal de grande rendimento”, destacou. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA